Matéria sobre Na Lata

Matéria sobre Na Lata

Matéria de Márcio Aquiles sobre Na Lata na Folha de S.Paulo

Anúncios

DOS SENTIDOS, O SENTIR: FORMA QUE REFORMA DENTRO (fragmento) por Susanna Busato

” Em nove partes o livro se desdobra. Cada uma delas se quer unida por um tema. Mas inútil esse esforço por dividir as rotas de nossa leitura, pois elas se entrelaçam. Nossos “aquis” estão em muitos “alis”, em seu livro. A sequência dos poemas vai construindo uma coerência interna ao livro. Uma arquitetura gráfica que se inscreve em cenas e dilemas. Poesia sem solução. Ironia que adensa a escritura como possibilidade de abismar-se a cada página. Uma insistência que persiste. Necessidade de abutre: devorar no poema a forma, seja de onde for, transformar stein em stain, na pedra sua marca, sua palavra: gertrude, a poeta; picasso, o pintor; na mira do poema, em em stain, a marca, como plasticamente constrói em “PICASSO NA RUE DE FLEURUS”.

A poesia de Fred é, pois, uma poesia das sensações e dos sentidos, que nos fazem prestar atenção na camada rugosa da paisagem, suas asperezas e jactâncias, para, em seguida, protejar-nos nos poros dessa pele que sente as pulsões do desejo com que a poesia se nutre. O que é essa presença tátil do corpo que a palavra desdobra em verso na abertura do livro? “Todos os sentidos” inicia a série de poemas com aquilo que a percepção revela como o lugar da presença sensível, tátil e visual, do sujeito, que vai imprimir na palavra sua matéria plástica.

sentimento:
forma que
reforma
dentro

Trecho da Apresentação de Susanna Busato para o Na Lata, a ser lançado no dia 6 de junho na Casa das Rosas das 18 às 22h.