AO AVESSO – Bakhtin revisitado

Pieter Brueghel, o velho (ca 1525-1569) Luta entre Carnaval e Quaresma óleo sobre madeira de carvalho (1559)  Wien Kunsthistorisches Museum GemäldegaleriePieter Brueghel, o velho (ca 1525-1569) Luta entre Carnaval e Quaresma óleo sobre madeira de carvalho (1559) Wien Kunsthistorisches Museum Gemäldegalerie

o carnaval ignora distinç
ão o carnaval ignora o pa
lco o carnaval para os qu
e o vivem o carnaval para
todos enquanto dura o car
naval não se conhece senã
o o carnaval nenhuma fron
teira espacial a festa as
leis da liberdade carnava
l universal estado do mun
do renascimento e renovaç
ão do sambódromo que teve
capacidade aumentada em 5
80 lugares com a transfor
mação das cadeiras em fri
sas haverá três níveis id
entificação de cada setor
por cor impressa no ingre
sso a expectativa é aumen
tar a visibilidade e o co
nforto dos espectadores c
erca de 65 mil por dia de
os símbolos percepção car
navalesca do povo se opõe
a toda ideia de acabament
o e perfeição a toda pret
ensão de imutabilidade et
ernidade são dinâmicas mu
táveis flutuantes e ativa
s o lirismo da alternânci
a e da renovação da consc
iência da alegre relativi
dade das verdades e autor
pelo menos 360 mil pessoa
s trabalham em atividades
ligadas ao carnaval do ri
o durante todo o ano o go
verno pernambucano calcul
a a geração de cerca de 3
0 mil empregos diretos ma
is de 90 mil informais pe
los cálculos da emtursa o
carnaval vai gerar 123 mi
l empregos diretos as ent
idades no poder lógica or
iginal das coisas ao aves
so ao contrário das permu
tações constantes do alto
e do baixo a roda da face
e do traseiro diversas fo
rmas de paródias travesti
s degradações profanações
coroamentos e destronamen
tos bufões segunda vida s
egundo mundo paródia da v
olume de negócios 500 mil
hões subprodutos hotelari
a bebida e cds dois milhõ
es de turistas estrangeir
os e nacionais a tabela i
ndica que a ocupação hote
leira fica entre os 90% e
100% e os números que gir
am em torno desses dias d
e festa justificam o esta
tuto adquirido pelo event

“AO AVESSO – Bakhtin revisitado” é um ready-made de protesto. O textos “enquadrados” foram retirados do livro A Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento – O Contexto de François Rabelais, de Mikhael Bakhtin  (São Paulo Hucitec, 1987, pp. 6, 9 e 10) e de notícias de jornal sobre o Carnaval 2001 no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s