Esta Pantera

pantera

O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.
Augusto dos Anjos – Versos Íntimos

cerco fechado
bombas de todos
os lados

sobre mim

que erro eu?

que ódio raiva
cativo?

quantos ataques
me restam?

quantas vinganças
desperto?

de que adverso íntimo
virá
o próximo petardo?

até que
eu
mesmo
– escarro adiado –
me resolva
e exploda

Anúncios

2 pensamentos sobre “Esta Pantera

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s